Notícias
13 de Abril de 2018

Pela primeira vez no Brasil, premiado autor português João Pinto Coelho participará na Flipoços: XIII Feira Nacional do Livro de Poços de Caldas

De 28 de abril a 6 de maio | Poços de Caldas, Minas Gerais | Entrada Gratuita

Foto da Noticia
405 pessoas leram esta notícia.

Vencedor do Prêmio LeYa em 2017, o escritor português João Pinto Coelho é um dos destaques da programação principal do Festival Literário de Poços de Caldas, o Flipoços, que neste ano decorre entre os dias 28 de abril a 06 de maio no Espaço Cultural da Urca, com entrada gratuita. Esta é a primeira vez que o escritor visita o Brasil e um festival literário no país.

Durante o evento, João Pinto Coelho participa da mesa “Literatura Lusófona” no dia 06 de maio às 16h30 para falar sobre o livro inédito “Os loucos da Rua Mazur”, em que, na trama, o autor regressa à Polônia da Segunda Guerra Mundial para apresentar uma galeria de personagens inesquecíveis, levando o leitor a conhecer e acompanhar uma pequena cidade polonesa antes, durante e depois da guerra.

Em sua participação, o autor pretende destacar a liberdade de expressão. “Nestes tempos tão conturbados, onde os ataques à liberdade de expressão se sucedem, muitas vezes a par com a instrumentalização da cultura, gostava de sublinhar o papel crucial da literatura, o seu imenso poder de contrariar os maus ventos que nos sopram de todo o lado” destacou.  

Além do lançamento do livro, João Pinto Coelho participa também de um bate-papo em homenagem ao Dia da Língua Portuguesa, marcado para o sábado (5 de maio) às 18h no Teatro Benigno Gaiga. Na mesa, o escritor vai conversar com os moçambicanos Dany Wambire e Manuel Mutimucuio e a brasileira Andréa Del Fuego. A mediação é da crítica literária Susana Ventura.

Para a curadora do Flipoços, Gisele Corrêa Ferreira, que há oito anos realiza mesas com autores lusófonos para valorizar a língua portuguesa, este encontro só fortalece a parceria entre Brasil e Portugal. “Nossos países tem muito mais em comum do que simplesmente a língua e nossos encontros vêm no sentido de fortalecer estes laços, de valorizar nossa cultura de fazer um intercâmbio entre o que está sendo publicado em Portugal e no Brasil”, destacou.

A Flipoços conta pelo 5º ano consecutivo com o apoio da Embaixada de Portugal, através do Camões – Centro Cultural Português em Brasília.

Na sequência do convite dirigido pelo Instituto Camões, pela Universidade de Brasília (UNB) e pela Cátedra Agostinho da Silva, realizar-se-á um bate-papo no âmbito das celebrações do Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na CPLP com estudantes universitários e apresentação do seu livro na Embaixada de Portugal em Brasília.

Sobre o autor

João Pinto Coelho é arquiteto e professor de artes visuais em Portugal, onde vive.  Sua primeira obra foi publicada em 2014 e três anos depois ele recebeu o prêmio LeYa, o maior em valores – cem mil euros – para uma obra inédita escrita em língua portuguesa e escolhida entre mais de 400 originais de 18 países.

www.flipocos.com/