Notícias
17 de Novembro de 2017

Fórum das Letras de Ouro Preto 2017

De 19 a 26 de novembro | Ouro Preto – Minas Gerais

Foto da Noticia
154 pessoas leram esta notícia.

Com o tema “A Poesia Como Antídoto”, a Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) realiza mais uma edição do Fórum das Letras de Ouro Preto. Evento concebido com a intenção de promover o diálogo entre autor e público participante, além de valorizar a importância da cidade histórica de Ouro Preto, Patrimônio Cultural da Humanidade, nos âmbitos turístico e cultural. O principal objetivo do Fórum das Letras é a valorização da identidade e da diversidade da literatura dos países de língua portuguesa, através da cooperação mútua entre África, Brasil e Portugal. O evento também promove um intenso intercâmbio com países latino-americanos e outros de origem latina, solidificando ainda mais a interação entre estas nações.

O evento visa a criação de propostas em comum para promover a leitura de forma geral e o acesso dos escritores de diversas culturas de língua portuguesa aos espaços de divulgação e difusão de suas obras no mundo.

O Fórum das Letras divide-se em Programação Principal, #dasletras, Ciclo de Jornalismo e Literatura, Ciclo de Debates, Fórum das Letrinhas e a programação artística, que inclui exposições e diversos outros tipos de manifestações artísticas e folclóricas. Desde sua primeira edição, em 2005, o evento vem recebendo os mais importantes autores da literatura contemporânea. A seleção, que reflete o cuidadoso trabalho de curadoria exercido, oferece uma amostra significativa da produção literária do mundo atual.

Em 2017, com o apoio do Camões – Centro Cultural Português em Brasília, o evento vai receber Arnaldo Saraiva, importante professor universitário, investigador científico e literário, ensaísta, cronista e poeta, que irá participar no evento no dia 22.

Mais informações e a programação completa em www.forumdasletras.com.br/

Arnaldo Saraiva


Arnaldo Saraiva é professor universitário, investigador científico e literário, ensaísta, cronista e poeta. Nasceu em 1939, em Casegas, Covilhã. Licenciado em Filologia Românica pela Faculdade de Letras de Lisboa, doutorou-se na Faculdade de Letras do Porto, onde exerceu a função de docente de Estudos Brasileiros e Africanos.

Foi leitor de Língua e Literatura Portuguesa e Brasileira na Universidade da Califórnia, em Santa Bárbara (1978-1979); professor convidado da Universidade de Paris – Sorbonne Nouvelle (1993-1994) e na Universidade Católica Portuguesa-Porto (2003-2009).

Fez estudos superiores no Rio de Janeiro, onde preparou a tese “Carlos Drummond de Andrade: do Berço ao Livro”. Em Paris fez estudos sob orientação de Roland Barthes, A.J. Greimas e Gérad Genette, fez também estudos superiores em Urbino.

Colaborador da Radiotelevisão Portuguesa e da Radiodifusão Portuguesa (Antena1). Participou como ator em filmes de Luís Galvão Teles, António Reis, Saguenail e Joaquim Pinto e foi fundador do Centro de Estudos Pessoanos, co-dirigindo a revista “Persona” e “Cadernos de Serrúbia” e o Jornal “O Boavista” do qual foi fundador. Foi, ainda, colaborador da Enciclopédia Luso-Brasileira de Cultura.

Foi cronista regular do Jornal de Notícias, do Público, do Diário de Notícias e do Jornal do Fundão e tem colaboração em várias outras publicações nacionais e estrangeiras. Está representado na “Antologia dos Poetas Brasileiros – Fase Moderna”, de Manuel Bandeira e Walmir Ayala e na “Antologia da Novíssima Poesia Portuguesa”, de Maria Alberta Menéres e E. M. de Melo e Castro.

É autor de mais de 100 livros, entre ensaios, poemas, crónicas e tradução. Foi distinguido, em 2017, com o Prémio Seiva Trupe de Letras.