Notícias
26 de Setembro de 2017

A escritora portuguesa Teolinda Gersão lança o romance “A Cidade de Ulisses” em Brasília

29 de setembro | 9h | Universidade de Brasília (UnB)

Foto da Noticia
243 pessoas leram esta notícia.

 

A Oficina Raquel, o Instituto de Letras da Universidade de Brasília (UNB) e o Camões – Centro Cultural Português em Brasília convidam para um bate-papo com a premiada escritora portuguesa Teolinda Gersão.

O encontro será no dia 29 de setembro, às 9h, no Departamento de Teoria Literária e Literatura do Instituto de Letras da Universidade de Brasília (sala 35), onde a romancista e Profª. catedrática irá apresentar o seu novo romance “A Cidade de Ulisses”, recentemente lançado no Brasil. Esta obra, tem sido muito elogiada pela crítica em Portugal, tem como contextos a cidade de Lisboa, com referências às artes visuais e as questões políticas. A história dos personagens centrais termina no Brasil. Após a palestra, realizar-se-á o lançamento e sessão de autógrafos, na presença da autora. A entrada é gratuita.

Serviço

Bate-papo e lançamento do livro “A Cidade de Ulisses” com a escritora portuguesa Teolinda Gersão.

Dia 29 de setembro, às 9h no Departamento de Teoria Literária e Literatura do Instituto de Letras da Universidade de Brasília, na sala 35 (ICC Sul – Mezanino | Campus Darcy Ribeiro  - Asa Norte).

Entrada livre.

Sobre a autora

Uma das mais importantes contistas e romancistas da literatura portuguesa contemporânea, a obra de Teolinda Gersão é consagrada em Portugal – onde tem marcado o panorama literário nos últimos 35 anos – e no estrangeiro, com livros traduzidos para 11 línguas. Alguns críticos enxergam similitude literária de Teolinda com a escrita de José Saramago, no tom coloquial, que transparece em frases populares e provérbios que utiliza nas suas narrativas, aproximando o escritor do leitor.

Até 1995, Teolinda foi professora na Faculdade de Letras e depois na Universidade Nova, ambas em Lisboa, na cadeira de Literatura Alemã e Literatura Comparada. Estudou na Alemanha e também viveu no Brasil. Recebeu vários Prêmios Literários, dentre eles Grande Prêmio de Romance e Novela da APE (1995), Prêmio de Ficção do Pen Club (1981 e 1989), Prêmio Fernando Namora (1999) e Prêmio Vergílio Ferreira (2016).

A autora publicou Prantos, amores e outros desvarios (2016), Passagens (2014), As águas livres (2013), A cidade de Ulisses (2011), A mulher que prendeu a chuva (2007), Histórias de ver e andar (2003), O mensageiro e outras histórias com anjos (2003), Os teclados & três histórias com anjos (2012), Os anjos (2000), Os teclados (1999), A árvore das palavras (1997), A casa da cabeça de cavalo (1995), O cavalo de sol (1989), Os guarda-chuvas cintilantes (1984), História do homem na gaiola e do pássaro encarnado (1982), Paisagem com mulher e mar ao fundo (1982) e O silêncio (1981).

 
Veja algumas fotografias relacionadas com a notícia
FotoFotoFoto