Cultura

Cultura

Instituo CamoesA língua portuguesa condiciona nosso olhar para o mundo e a forma de expressar essa relação entre nós e os outros.

Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau e Timor-Leste são os países que se expressam na língua de Camões, aos quais haverá que juntar a Região Administrativa Especial de Macau da República Popular da China, e pequenos núcleos radicados em Goa, Damão e Diu. Não serão alguns deles nações de cultura lusófona, mas têm, necessariamente, na diversidade cultural própria de cada uma delas, vertentes comuns que advém de séculos de contactos entre elas.

Por estas, e outras razões que se adivinham, os Centros Culturais do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, I. P., são instrumentos importantes para a circulação da informação cultural ao serviço deste “mundo” culturalmente diverso, mas unido pela língua comum ricamente matizada em cada um dos Estados da CPLP por neologismos e arcaísmos que nos tornam cada vez mais ricos no nosso encontro com o outro.

Em Brasília e no Pólo de São Paulo, nos Consulados de Carreira, Brasil e Portugal têm um palco privilegiado onde o público pode identificar-se com a cultura luso-brasileira, em áreas tão diferentes quanto a música, o teatro, as artes plásticas, a literatura e o artesanato.

Para saber mais...